Política

  • Partido pede no STF suspensão do prazo de...

    O partido pede para que sejam reconhecidos todos os requisitos para proposição da ADI e a suspensão por 30 dias do prazo para filiação partidária.


    A epidemia da Covid-19 pode inviabilizar o cumprimento dos prazos para filiação partidária, domicílio eleitoral e de desincompatibilização. Diante dessas circunstâncias extraordinárias, o partido Progressistas  ajuizou uma ação direta de inconstitucionalidade para que, em razão do estado de calamidade no pais, sejam suspensos por 30 dias os prazos eleitorais citados. O texto — assinado pelos advogados Carlos Eduardo Frazão, Alonso Freire e Rodrigo Mudrovitsch — argumenta que a intenção da ADI não é antecipar o debate sobre o adiamento das eleições de 2020 e nem prorrogar o mandato de agentes políticos. A legenda defende que a ação tem o propósito... .saiba mais...

  • Governadores manterão medidas de isolamento social contra a...

    Em videoconferência, eles discutiram ações de combate à doença


    Governadores de 26 estados se reuniram nesta quarta-feira (25), por videoconferência, para discutir ações emergenciais em meio à disseminação do novo coronavírus (covid-19) no país. Eles pediram medidas como a suspensão do pagamento de dívidas e empréstimos com a União e bancos públicos federais e a imediata aprovação do Projeto de Lei Complementar 149/2019, conhecido como Plano Mansueto, que implementa um novo programa de auxílio financeiro a estados e municípios. O encontro ocorreu após os governadores terem se reunido, em grupos separados, com o presidente da República e ministros, também por... .saiba mais...

  • Ações do Governo foram apresentadas para assistentes sociais...

    Para os municípios serão ofertados cursos de qualificação profissional de inclusão produtiva Costurando com Talento”, “Fornalha com Talento” e “TO Criativo”


    Foto: Alexandre Alves/Governo do Estado Com proposta de apresentar as ações de políticas públicas que serão realizadas pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), em 2020, em 23 municípios do Tocantins, equipes da Setas se reuniram, na tarde desta terça-feira, 03, com secretários (as) de Assistência Social dos municípios. A meta é atender 800 famílias, até setembro de 2020.  As ações começam na próxima semana pelos municípios de Aguiarnópolis e Lagoa do Tocantins no período de 09 a 13 de março. Durante o encontro, foram... .saiba mais...

  • Em lançamento da Campanha da Fraternidade 2020, Caiado...

    “Vamos honrá-la por meio do tratamento que daremos às pessoas mais pobres e humildes do Estado de Goiás. O povo não pode ficar dependendo do humor de seus governantes”, disse...


    Fotos: Lucas Diener “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso”. Este é o tema da Campanha da Fraternidade 2020, lançada nesta Quarta-feira de Cinzas pelo arcebispo Dom Washington Cruz e bispos auxiliares, Dom Levi Bonatto e Dom Moacir Silva Arantes, no auditório da Cúria Metropolitana, na Arquidiocese de Goiânia. A campanha traz como lema a passagem da parábola do Bom Samaritano, “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lucas, 10:33-34), que remete a um de seus exemplos mais inspiradores: Irmã Dulce, a Santa Dulce dos Pobres. Mas não foi só por isso que... .saiba mais...

  • Bolsonaro descarta incluir partipantes no Conselho da Amazônia

    Não vamos tomar decisão sem ouvir governador, diz presidente


    O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (13) que não vai incluir secretários e governadores no Conselho da Amazônia, reativado esta semana e que será coordenado pelo vice-presidente Hamilton Mourão. “Tem bastante ministros. Nós não vamos tomar decisão sobre Amazônia sem conversar com o governador, com a bancada do estado. Mas se colocar muita gente, é passagem aérea, hospedagem, uma despesa enorme e que não resolve nada”, disse. Ao deixar o Palácio da Alvorada, na manhã desta quinta-feira (13), Bolsonaro reforçou que Mourão, que é general do Exército, já serviu na região e... .saiba mais...

  • Líder do governo é designado relator do processo...

    O ato de cassação da senadora ainda precisa ser analisado


    Em reunião da Mesa Diretora do Senado hoje (12), o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), líder do governo no Congresso, foi designado relator do processo de cassação da senadora Juíza Selma (Podemos- MT), pelo presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Cassada no final do ano passado por caixa 2 e abuso de poder econômico na campanha de 2018, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ato ainda precisa ser analisado pelo Senado. A Justiça Eleitoral já convocou para abril a eleição de um novo representante de Mato Grosso no Senado. A decisão sobre a cassação... .saiba mais...

  • Ronaldo Nogueira é exonerado da presidência da Funasa

    Ronaldo Nogueira está entre os investigados na Operação Gaveteiro


    O Diário Oficial da União publica hoje (12) a portaria da Casa Civil da Presidência da República com a exoneração, a pedido do próprio presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira. Na quinta-feira (6) da semana passada, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Gaveteiro, para apurar o desvio de valores do então Ministério do Trabalho, por meio da contratação de uma empresa do ramo da tecnologia da informação, em Goiás e em mais cinco estados. Nogueira, que esteve à frente do Ministério do Trabalho entre 2016 e dezembro de 2017, está entre... .saiba mais...

  • STF aceita denúncia de peculato contra deputado João...

    Deputado pagava empregada doméstica com recursos públicos


    A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, hoje (11), por unanimidade, aceitar denúncia e tornar o deputado João Bacelar Filho (Podemos-BA) réu pelo crime de peculato. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter lotado sua empregada doméstica como assessora parlamentar, entre os anos de 2007 e 2011. O deputado também é acusado de lotar uma funcionária de uma de suas empresas em seu gabinete. Dessa maneira, as duas tinham os salários pagos com recursos públicos, embora prestassem serviços particulares ao deputado, uma delas na casa de... .saiba mais...